DNA pede ao Parlamento que aprove uma busca por computador no caso de Daniel Tudorache, MP e ex-prefeito do Distrito 1

Last updated on: Published by: set 0

A Direcção Nacional Anticorrupção pede ao Parlamento que aprove uma busca informática no caso do deputado do PSD Daniel Tudorache, ex-presidente da câmara do Sector 1.

A Câmara dos Deputados tem agora de decidir se permite que os Procuradores de ADN procedam a uma busca informática no caso do deputado Social-Democrata Daniel Tudorache.

Os promotores estão tentando obter mais informações sobre o caso em que o ex-prefeito do Distrito 1 é acusado de abuso de poder. É o caso das compras da pandemia, dossier anunciado no final de outubro, em que também é investigada Marian Vanghelie, Vereadora da Câmara Municipal do distrito 5.

A compra de comprimidos para crianças em idade escolar, nebulizadores e termoscanners é verificada. O dano é de quase 68 milhões de lei.

O nome de Daniel Tudorache também aparece no ficheiro Sobre a fixação de tarifas junto da ROMPREST sanitation company.

A DNA alega que, neste caso, o dano causado ao Sector 1 em Bucareste é de 944 milhões de lei, um montante recorde.

Daniel Tudorache também é investigado no caso dos diamantes
Enquanto presidente da Câmara, teria recebido dinheiro de um empresário, através de um intermediário, para garantir que essa empresa ganhasse o contrato com a Câmara Municipal.

O dinheiro foi então escondido nas contas da ex-mulher e da governanta.

Os montantes foram igualmente utilizados para a compra de diamantes.

Related posts